Setembro, 3

 

Se o poema transcende

A morte

O poeta já não conta

 

A palavra o teceu

Na respiração

 

 

António Mário Lopes dos Santos

Setembro,3,2017