A Liberdade não foi algo que se conquistou naquele, cada vez mais longínquo, ano de 74 para mero registo nos livros de História, com direito a um feriado nacional. A Liberdade é também uma lente que temos que aprender a usar para interpretarmos e renovarmos, com atenção, todos os dias, a nossa vida em sociedade. Este foi o exercício solicitado aos alunos de Artes. E os jovens corresponderam. Partindo de uma "notícia fresca" do jornal O Público, os alunos encontraram a urgência da comemoração. Abril, sempre! - pois a Liberdade foi conquistada pela Esperança, depois de muitas noites escuras, para lhes ser oferecida hoje. 

Aceda à Galeria aqui.

 

 

...